_
Sobre EAU

Os Emirados Árabes Unidos (EAU) são uma federação de sete estado formada em 1971, após a independência da Grã-Bretanha. Embora cada um dos estados - Abu Dhabi, Dubai, Ajman, Fujairah, Ras al Khaimah, Sharjah e Umm al Qaiwain - mantenha um largo grau de independência, os EAU são governados por um Conselho Supremo constituído por sete representantes, no qual é eleito o primeiro-ministro e o restante executivo.

Antes de 1950, a economia do governo estava dependente da pesca ou de uma cada vez mais pobre indústria de pérolas. Contudo, a descoberta de petróleo revolucionou toda a sociedade e o seu tecido económico. O potencial desta descoberta não foi desperdiçado, tendo os seus lucros contribuído para uma melhoria em áreas como a saúde, a educação ou as infraestruturas.

A região passou rapidamente de um país discreto para um dos mais importantes centros económicos do Médio Oriente. As petrolíferas atrairam um grande número de trabalhadores estrangeiros, que agora representam mais de 70 por cento da população.

Contudo, os EAU conseguiram reduzir o seu grau de dependência da exportação de petróleo ao diversificar a economia, apostando em empresas e em áreas como as novas tecnologias, o turismo ou o sector da construção. Enquanto que Abu Dhabi assumiu uma estratégia económica mais contida, o Dubai, com menores reservas de petróleo, apostou mais na diversificação da sua economia.

Talvez por isso, nos dias que correm o Dubai tem recebido muitas visitas de turistas atraídos pelas suas infraestruturas de grande dimensão, pela sua diversidade, pelas actividades relacionadas com desporto ou mesmo pelos recordes do Guinness quebrados.

Para os visitantes europeus, os EAU são um destino seguro no Médio Oriente,representando simultaneamente um dinâmico centro económico e um paradisíaco destino de férias.  Os EAU oferecem uma grande variedade de escolha num espaço reduzido. Num só dia, podemos passear pelas lojas de vários nomes conhecidos do mundo da moda, deitarmo-nos em praias inimagináveis ou beber cocktails em luxuosos restaurantes. Num modo menos extravagante, podemos absorver a herança que foi deixada na magnifíca montanha Hatta, procurar lembranças nos mercados em Sharjah, andar de camelo no deserto em Abu Dhabi ou mergulhar em águas repletas de corais em Ras Al-Kaimah. Ou, simplesmente, podemos misturar tudo. Afinal de contas, é isso que torna os EAU únicos.